pulo

4 de jan de 2015

Nova Religião Mundial




A Vindoura Religião Mundial Única

Virou o ano e os sonhos voltaram...

Estava com uma amiga e conversávamos sobre a tal novidade mundial; uma religião que foi abraçada por muitos, inclusive de segmentos bastantes diferentes.

Debatíamos o que estava por trás dessa história, pois além da união entre Católicos e Pentecostais; ocorreu inclusive a adesão em massa dos Neo-Pentecostais. Religiões fora desse segmento Cristão já estavam se aproximando, em nome de uma válida paz, tudo decorrente dessa nova onda religiosa mista.

Era algo até meio holístico, onde o Salvador de cada credo não era deixado de lado ou mesmo rebaixado, muito pelo contrário; mas a ideia de união em prol de um bem maior era o principal meio de conquista.

Eu via tudo e achava graça, pq não era algo novo que estava caracterizando a evolução humana; muito pelo contrário, era a mesma fórmula de apropriação de culto para posterior unificação e modernização, tão característica e já vista nos milênios desse planeta.

Lembro que achávamos interessante ver preceitos e cultos dessa religião utilizando tanta coisa que para nós duas eram normais e corriqueiras em nossas práticas/filosofias/crenças/ideologias que chegava ao absurdo de questionarmos como ninguém percebia isso, inclusive no meio pagão/místico/esotérico/espiritualizado da época.

Falei até sobre a enganação que estava por traz disso tudo; o bando de almas enganadas e a quantidade de energia usurpada; afinal de contas, ao atravessar determinados portais, essas pessoas seguramente não encontrariam espíritos de luz.

E a massificação que cria seres superficiais, sem capacidade crítica, atuante e muito menos pensante, aumentava drasticamente no planeta; tudo em nome de uma paz, de uma evolução mundial, de um crescimento planetário, que no fim, aproximava ainda mais as trevas do coração humano.

É preciso ficar atento!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário